A importância dos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, no desafio da educação para os direitos humanos

Autores

  • Tânia Ribeiro Libório

DOI:

https://doi.org/10.5016/ridh.v9i1.52

Palavras-chave:

Direitos Humanos, ODS, Educação

Resumo

Os Direitos Humanos não são aprendidos estudando-os, mas praticando-os diariamente em todos os contextos, em que o ser humano se desenvolve. São essenciais para desfrutar de uma vida digna, baseada na liberdade, igualdade e dignidade, e refletida nos tratados internacionais, bem como nas constituições de cada Estado. Numa perspetiva histórica, os Direitos Humanos foram-se construindo como uma forma de resistência à opressão e busca pelo bem-estar do indivíduo, grupos ou de comunidades inteiras. Ao longo da história, eles passaram por transformações, para conceituar, especificar e ampliar aqueles incluídos na Declaração Direitos Humanos Universais, de 1948. Os indivíduos tornam-se agentes de mudança no mundo, atuando contra as injustiças, através da concretização dos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Eles precisam de conhecimentos, habilidades, valores e atitudes que lhes permitam contribuir para o desenvolvimento sustentável. A educação é crucial para a consecução deste desenvolvimento. Pretende-se demonstrar aqui a importância dos ODS, especificamente respeitante a: alterações climáticas e educação para os direitos humanos. Apresentamos os projetos desenvolvidos na Síria, em São Tomé e Príncipe, no Brasil e em Portugal, e as suas tendências para o futuro, tendo em conta as metas a atingir em cada ODS, e como este aspeto pode influenciar o desenvolvimento humano e tornar o mundo mais harmonioso, mais justo e igualitário.

 

La importancia de los ODS - Objetivos de Desarrollo Sostenible, en el desafío de la educación para los derechos humanos

Los derechos humanos no se aprenden al estudiarlos, sino al practicarlos diariamente en todos los contextos donde se desarrollan los seres humanos. Son esenciales para disfrutar de una vida digna, basada en la libertad, la igualdad y la dignidad, reflejada en los tratados internacionales, así como en las constituciones de cada estado. Desde una perspectiva histórica, los derechos humanos se han construido como una forma de resistencia a la opresión y la búsqueda del bienestar del individuo. A lo largo de la historia, han sufrido transformaciones, para conceptualizar y especificar los incluidos en la Declaración Universal de Derechos Humanos de 1948. Los individuos se convierten en agentes de cambio en el mundo, actuando contra las injusticias, a través del logro de los ODS - Objetivos de Desarrollo Sostenible. Necesitan conocimientos, habilidades, valores y actitudes que les permitan contribuir al desarrollo sostenible. Por lo tanto, la educación es crucial para el logro de este desarrollo. Su objetivo es demostrar la importancia de los ODS, específicamente en relación con el cambio climático y la educación para los Derechos Humanos. Presentamos los proyectos desarrollados en Siria, Santo Tomé y Príncipe, Brasil y Portugal, y sus tendencias para el futuro, teniendo en cuenta los objetivos a alcanzar en cada ODS, y cómo este aspecto puede influir en el desarrollo humano y hacer que mundo más armonioso, más justo y más igualitario.

Palabras clave: Derechos humanos. ODS. Educación.

 

The importance of the SDGs - Sustainable Development Goals, in the challenge of education for human rights

Human rights are not learned by studying them, but by practicing them daily in all contexts where human beings develop. They are essential to enjoy a dignified life, based on freedom, equality and dignity, reflected in international treaties, as well as in the constitutions of each state. From a historical perspective, human rights have been built as a form of resistance to oppression and the search for the well-being of the individual. Throughout history, they have undergone transformations, to conceptualize and specify those included in the 1948 Universal Human Rights Declaration. Individuals become agents of change in the world, acting against injustices, through the achievement of the SDGs - Sustainable Development Goals. Education is therefore crucial to the achievement of this development. It is intended to demonstrate the importance of the SDGs, specifically regarding climate change; education for human rights. We present the projects developed in Syria, São Tomé and Príncipe, Brazil and Portugal, and their trends for the future, taking into account the goals to be achieved in each SDG, and how this aspect can influence human development and make the more harmonious, fairer and more egalitarian world.

Keywords: Human rights. ODS, Education.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tânia Ribeiro Libório

Licenciatura em Sociologia. Doutoramento em Teoria Juridico-Politica e Relações Internacionais. Pós Doutoramento em Cooperação Internacional. CICP - Investigadora no Centro de Investigação em Ciência Política da Universidade de Évora.

Referências

AMI. Projetos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: https://ami.org.pt/missao/formacao-producao-comercializacao-nos-empreedimentos-economia-solidaria-abordagem-agroecologica-genero-tecnico-operativa/https://ami.org.pt/missao/construcao-da-escola-de-ga-bacar/. Acesso em: 14 jul. 2019.

AMI. Missões em São Tomé e Príncipe. Disponível em: https://ami.org.pt/missao/porto-de-partida-sao-tome-principe/. Acesso em: 15 jul. 2019.

AMI. Missões na Síria. Disponível em: https://ami.org.pt/missao/criacao-rede-comunitaria-saude-mental-apoio-psicossocial-no-norte-aleppo-siria/. Acesso em: 15 jul. 2019.

AMI. Missões de Cidadania. Disponível em: https://ami.org.pt/missao/saude-educacao-arte-um-encontro-cidadania-brasil/. Acesso em: 16 jul. 2019.

AMI. Missões ODS em Ação. Disponível em: https://ami.org.pt/missao/capacitacao-de-50-criancas-noivas/. Acesso em: 16 jul. 2019.

AMNISTIA INTERNACIONAL. Os direitos humanos e a pobreza. 2018. Disponível em: https://www.amnistia.pt/os-desc-sao-direitos-humanos/. Acesso em: 17 jul. 2019.

ANNAN, Kofi. Relatório do Milênio. ONU, 2001. Disponível em: https://unric.org/pt/kofi-annan-gana/. Acesso em: 23 jul. 2019.

ASSMANN, Hugo; SUNG, Jung Mo. Competência e sensibilidade solidária: educar para a esperança. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

BALMER-CAO. Les nouvelles frontiéres du genre. Paris, L’Harmattan – Logiques Sociales, 2018.

BAUMAN, Zygmunt. Comunidade. A busca por segurança no mundo atual. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003.

BENEVIDES, Maria Victoria. Educação em Direitos Humanos: de que se trata? Palestra de abertura do Seminário de Educação em Direitos Humanos, São Paulo, 2016. Disponível em: https://www.hottopos.com/convenit6/victoria.htm. Acesso em: 22 jul.2019.

CARVALHO, Edson Ferreira de. Meio ambiente e direitos humanos. 2. ed. Curitiba: Juruá, 2011.

CARVALHO, Sonia Aparecida de. O direito ao desenvolvimento sustentável como direito humano fundamental. In: GORCZEVSKI, Clovis (org.). Direitos humanos e participação política. V. IV. Porto Alegre: Imprensa Livre, 2013.

CONFERÊNCIA MUNDIAL SOBRE DIREITOS HUMANOS - Declaração e Programa de Ação de Viena. Disponível em: http://www.gddc.pt/direitos-humanos/textos-internacionais-dh/tidhuniversais/decl-prog-accao-viena.html. Acesso em: 19 jul. 2019.

CONSELHO EMPRESARIAL PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Uma visão inspiradora para uma economia sustentável na Europa: assumir as metas de desenvolvimento sustentável, 2017. Disponível em: https://bcsdportugal.org/publicacao-europeia/. Acesso em: 27.jul. 2019.

FUNDACIÓN Juan Vives Suriá. Derechos humanos: historia y conceptos básicos, Fundación Editorial El perro y la rana Fundación Juan Vives Suriá Defensoría del Pueblo, 2010.

GIDDENS, Anthony. As consequências da modernidade. Lisboa: Celta, 1995.

GOMES, Fabiana Pereira et al. Economia solidária e desenvolvimento local e sustentável. Projeto Casa Brasil: MTE, SENAES, 2007.

GUERRA MARTINS, A.M. Direito Internacional dos Direitos Humanos. Coimbra: Almedina, 2006.

HALL, J. K.; DANEKE, G. A.; LENOX, M. J. Sustainable development and entrepreneurship: past contributions and future directions. Journal of Business Venturing, Indiana, 25 (5), p. 43, 2010.

IGNATIEFF, Michael. Los derechos humanos como política e idolatría. Barcelona: Paidós, 2001.

Instituto Camões da Cooperação e da Língua. Documento de Posição de Portugal sobre a Agenda 2015, Lisboa, 2014. Disponível em: https://www.instituto-camoes.pt/images/agendaPos2015/DocPosicao_POS2015.pdf. Acesso em: 31 jul. 2019.

JESUS, Pablo. Desenvolvimento Local. In: CATTANI, Antonio David(org.). A outra economia. São Paulo: Veraz Editores, 2003.

MANCE, Euclides André. Fome zero e economia solidária – O desenvolvimento sustentável e a transformação estrutural do Brasil. Curitiba: IFiL, Editora Gráfica Popular, 2004.

MAGENDZO, Abraham. Educación en Derechos Humanos: un desafío para los docentes de hoy. Santiago: LOM Ediciones, 2006.

MONTEIRO, Reis. Sobre o direito à educação. Coimbra, IGC, 2013.

MOREIRA, Vital; GOMES, Marcelino. Compreender os direitos humanos: manual de educação para os direitos humanos, Coimbra, Coimbra Editores, 2013.

NAÇÕES UNIDAS. Carta das Nações Unidas, 1945. Disponível em: https://unric.org/pt/wp-content/uploads/sites/9/2009/10/Carta-das-Na%C3%A7%C3%B5es-Unidas.pdf. Acesso em: 17 jun. 2019.

OCDE. The OECD Jobs Study, 1994. Disponível em: https://www.oecd.org/els/emp/1941679.pdf. Acesso em: 26 jun. 2019.

ONU. Economia Social e Solidária e o Desafio do Desenvolvimento Sustentável, julho, 2014. Disponível em: https://www.unrisd.org/unrisd/website/document.nsf/(httpPublications)/20820DB0F169D8D5C1257D1D0041AA97?OpenDocument. Acesso em: 11 mai. 2019.

ONU. Relatório nacional sobre a implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, julho, Nova Iorque, 2017. Disponível em: https://sustainabledevelopment.un.org/content/documents/15771Portugal2017.pdf. Acesso em: 21 mai. 2019.

RAWLS, John. El derecho de gentes. In: SHUTE, Stephen; HURTLEY, Susan (eds.). De los derechos humanos. Madrid: Trotta, 1998. p. 47-85.

RBSES. Construindo a Rede Brasileira de SocioEconomia Solidária - Documento de Trabalho do Encontro Brasileiro de Cultura e SocioEconomia Solidárias. Mendes-RJ, 11-18/6/2000. Série: Semeando Socioeconomia Nº 4. PACS, Rio de Janeiro, 2000. Disponível em: http://www.mobilizadores.org.br/wp-content/uploads/2014/05/rede-brasileira-de-socioeconomia-solidria.pdf. Acesso em: 8 ago. 2019.

SANTOS, Boaventura de Sousa; Rodríguez, César. Introdução: para ampliar o cânone da produção. In: Boaventura de S. S. (org.). Produzir para viver: os caminhos da produção não capitalista. Porto: Afrontamento, 2004.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Democracia al borde del caos. Ensayo contra la autoflagelación. Bogotá: Siglo del Hombre Editores, 2014.

SINGER, Paul. Desenvolvimento capitalista e desenvolvimento solidário. Estudos avançados, São Paulo, v. 18, n. 51, p.12- 25, 2004.

TAVARES, Celma. Barbarie en la democracia. Salamanca: Ediciones Universidad de Salamanca, 2006.

TRUYOL y SERRA, Antonio. Los derechos humanos. Madrid: Tecnos, 1984.

UNESCO. Educação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – Objetivos de Aprendizagem, Educação 2030, Unesco, 2017. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/. Acesso em: 23 mai. 2019.

UNESCO. Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: https://www.unescoportugal.mne.pt/pt/temas/um-planeta-um-oceano/educacao-para-o-desenvolvimento-sustentavel. Acesso em: 3 jul. 2019.

UNRIC. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: https://www.unric.org/pt/actualidade/27555-declaracao-e-plataforma-de-accao-de-beijing-quinze-anos-apos-a-sua-adopcao. Acesso em: 3 jul. 2019.

Downloads

Publicado

25.06.2021

Como Citar

LIBÓRIO, T. R. A importância dos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, no desafio da educação para os direitos humanos. Revista Interdisciplinar de Direitos Humanos, Bauru, v. 9, n. 1, p. 275–296, 2021. DOI: 10.5016/ridh.v9i1.52. Disponível em: https://www2.faac.unesp.br/ridh3/index.php/ridh/article/view/52. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos diversos