“Dama de Ferro”: reflexões sobre gênero e esporte a partir do documentário Mulheres na luta

Autores

  • Tarcyanie Cajueiro Santos Universidade de Sorocaba

Palavras-chave:

Mídia. Gênero. Esporte. Artes Marciais Mistas.

Resumo

Este artigo se propõe, a partir de uma perspectiva crítica, analizar o episódio A “Dama de Ferro”, na série documental Mulheres na luta. Utiliza-se os conceitos de representação e estudos de gênero, assim como análise de narrativas, na metodologia. Conclui-se que, na série documental, Viviane Sucuri aparece como uma atleta que encontra no MMA uma possibilidade não apenas de ascensão social, como também de se opor a uma concepção universalista de mulher, que a coloca em um lugar determinado e essencialista. Por outro lado, não há por parte da atleta quaisquer questionamentos sobre sua condição social de mulher e de classe subalterna.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Tarcyanie Cajueiro Santos, Universidade de Sorocaba

    É professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco, mestrado e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, com pós-doutorado pela mesma instituição.

Downloads

Publicado

01-12-2021

Como Citar

“Dama de Ferro”: reflexões sobre gênero e esporte a partir do documentário Mulheres na luta. Revista Comunicação Midiática, Bauru, SP, v. 16, n. 2, p. 22–34, 2021. Disponível em: https://www2.faac.unesp.br/comunicacaomidiatica/index.php/CM/article/view/488.. Acesso em: 5 mar. 2024.