Teoria da Mudança Institucional Gradual aplicada a Políticas de Comunicação: uma interpretação neoinstitucionalista da “Ley de Medios”

Autores

  • Juliano Mendonça Domingues da Silva
  • Jorge Zaverucha

Palavras-chave:

Políticas de comunicação; Mudança institucional; Lei de mídia

Resumo

Resumo

Este artigo se situa no campo das análises de políticas públicas de comunicação. Seu objetivo principal é oferece uma interpretação da gênese da lei de mídia argentina n26.522 – Ley de Servicios de Comunicación Audiovisual– sob a perspectiva da teoria da mudança institucional gradual. A nova lei rompeu com a lógica path dependence em termos de políticas de comunicação na Argentina. Entretanto, ela não representou uma transformação abrupta. Sua gênese não poderia ser classificada, portanto,como do tipo critical juncture. Mais apropriado seria tipificá-la como uma mudança institucional gradual do tipo displacement, com significativo impacto no cenário de politicas públicas de comunicação na Argentina.Os resultados apresentados neste artigo confirmam essa hipótese.

 

Palavras-chave: Políticas de comunicação; Mudança institucional; Lei de mídia.

 

 

Resúmen

Este artículo se encuentraenel campo de lasanálisis de políticas públicas decomunicación. Su principal objetivo es ofrecer una interpretación de la génesis de laley de médios argentina no 26.522 – Ley de Servicios de Comunicación Audiovisual – enla perspectiva de lateoríadel cambio institucional gradual. La leyrompióconla lógica path dependencehasta ahoracomprobada. Sin embargo, su génesis no representó una transformación abrupta, de modo que no podría ser clasificada comodel tipo criticaljuncture. Más apropiadoseríacomprenderla como un cambio institucional gradual del tipo displacement,conel potencial de impactar significativamente laconfiguración de las políticas públicas de comunicaciónen Argentina. Los resultados presentados en este trabajoconfirman esta hipótesis.

 

Palabras clave: Políticas de comunicación; Cambio institucional; Ley de medios.

 

 

Abstract

This article is situated in thefield of communication policy analysis. Its maingoa listo offer an interpretation about the Genesis of the Argentinian media Law no 26.522 – Ley de Servicios de Comunicación Audiovisual – from the Theory of Gradual Institutional Change perspective. It is under stood that the new media Law represented a disruption in the path dependence logic in terms of communication policy in Argentina. However, it was not na abruption change. There fore, its Genesis could not be classified as a critical juncture. It would be better typified as a result of a gradual institutional change called displacement, with the potential to affect the media system in that country.The results presented in this article have confirmed this hy pothesis.

 

Keywords: Communication policies; Institutional change;  Media law.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

01-12-2015

Como Citar

MENDONÇA DOMINGUES DA SILVA, Juliano; ZAVERUCHA, Jorge. Teoria da Mudança Institucional Gradual aplicada a Políticas de Comunicação: uma interpretação neoinstitucionalista da “Ley de Medios”. Revista Comunicação Midiática, Bauru, SP, v. 10, n. 3, p. 203–219, 2015. Disponível em: https://www2.faac.unesp.br/comunicacaomidiatica/index.php/CM/article/view/134.. Acesso em: 19 abr. 2024.