+ POR PALAVRA
+ POR ÁREA DO CONHECIMENTO
+ POR PESQUISADOR
+ POR INSTITUIÇÃO

Facebook
Untitled Document


Você pode ouvir os arquivos de áudio num pop-up clicando em "ouvir" ou salva-los no seu computador clicando com o botão direito em mp3 e escolhendo a opção "salvar como...".
 
Sebastião Gobbi
Educação Física: atividade para a terceira idade

Ciências da Saúde; Educação Física

PUBLICADO EM 12.11.2013
 
Sou Sebastião Gobbi, professor adjunto do Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista, do campus de Rio Claro. Meu estudo recentemente concluído, como orientador de doutorado, recebeu o título de “Alongamento estático, envelhecimento e desempenho neuromuscular”. O objetivo da pesquisa foi explorar a interação entre os efeitos passageiros e duradouros dos exercícios de alongamento estático e analisar o desempenho do sistema neuromuscular da população idosa. A metodologia empregada utiliza três estudos, que são: a análise do efeito da idade no desenvolvimento de força, contração voluntária e retardo da resposta do joelho; a análise das respostas corporais das idosas durante oito semanas; e a análise do efeito do alongamento estático na resistência muscular, no volume de exercícios para as pernas e na recuperação neuromuscular da terceira idade. O resultado obtido revela que as diferenças na duração do alongamento estático não altera de forma significativa o desempenho corporal da população feminina nas diversas faixas etárias. O nosso estudo é importante, pois ajuda a delinear a programação dos exercícios físicos voltados para a saúde das idosas. A pesquisa durou quatro semestres e contou com a autoria principal do professor doutor André Luiz Demantova Gurjão.
Podcast produzido por Gabriela Arroyo
Possui graduação como Instrutor de Educação Física pela Escola de Educação Física da Polícia Militar do Estado de São Paulo (1975), mestrado em Ciência do Movimento Humano pela Universidade Federal de Santa Maria (1987), doutorado em Kinesiology - University of Waterloo (1996) e livre-docência pela UNESP (2004). Atualmente é professor adjunto da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) em Rio Claro - SP, desenvolvendo atividades de ensino na graduação e pós-graduação; de extensão como coordenador dos projetos Núcleo UNESP-UNATI, Atividade Física para a Terceira Idade Idosos (PROFIT), Atividade Física para pacientes com doenças de Alzheimer ou de Parkinson; de pesquisa como coordenador do Laboratório de Atividade Física e Envelhecimento (LAFE) desenvolvendo projetos na linha de Atividade Física e Saúde, particularmente sobre a relação atividade física x doenças crônicas x capacidade funcional x envelhecimento. É bolsista de produtividade do CNPq.