+ POR PALAVRA
+ POR ÁREA DO CONHECIMENTO
+ POR PESQUISADOR
+ POR INSTITUIÇÃO

Facebook
Untitled Document


Você pode ouvir os arquivos de áudio num pop-up clicando em "ouvir" ou salva-los no seu computador clicando com o botão direito em mp3 e escolhendo a opção "salvar como...".
 
José Leomar Fernandes Júnior
VIABILIDADE TÉCNICA DO ASFALTO MODIFICADO POR BORRACHA DE PNEUS USADOS

Engenharias; Engenharia de Transportes; Veículos e Equipamentos de Controle.

PUBLICADO EM 25.06.2012
 
Sou José Leomar Fernandes Júnior, professor do departamento de transportes da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo. A minha pesquisa aborda a viabilidade técnica do asfalto modificado por borracha de pneus usados. O projeto propõe soluções para a melhoria da condição dos pavimentos, pela utilização de um produto de melhor qualidade. Além disso, pretende contribuir para a solução de um grave problema ambiental, que é o descarte de pneus em locais inadequados ou a queima destes sem nenhum controle das emissões gasosas. A partir de análises laboratoriais dos principais fatores que interferem na deterioração do asfalto, criamos um novo produto: o asfalto-borracha. Esse produto pode melhorar o desempenho dos pavimentos, mas essa modificação, com a incorporação da borracha ao asfalto, precisa ser bem projetada e o controle da execução dos pavimentos deve ser rigoroso. A pesquisa, precursora no Brasil, já dura 17 anos, e ainda existem temas correlatos sendo analisados nas principais universidades brasileiras e estrangeiras. Esse estudo contou com a colaboração das doutoras Sandra Oda e Sandra Aparecida Margarida Bertollo e dos mestres Claudio Luiz Dubeux Neves Filho e Claudia Cristina Ferro.
Podcast produzido por Wanessa Medeiros
Possui graduação em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (1984), mestrado em Engenharia de Transportes pela Universidade de São Paulo (1989) e doutorado em Engenharia de Transportes pela Escola de Engenharia de São Carlos da USP (1995). Atualmente é professor associado (livre-docência: dez/2001) do Departamento de Transportes da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, onde ingressou em 1988. Foi Professor Visitante das Universidades do Texas em Austin (1992 e 1993), de Waterloo no Canadá (jul/1995), da Flórida em Gainesville (1999 e 2000), do Minho em Portugal (2005) e da Universidade Tecnológica de Viena na Áustria (2008).Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Infra-Estrutura de Transportes, atuando principalmente nos seguintes temas: misturas asfálticas, pavimentos urbanos, sistemas de gerência, asfalto-borracha e modelos de desempenho.