+ POR PALAVRA
+ POR ÁREA DO CONHECIMENTO
+ POR PESQUISADOR
+ POR INSTITUIÇÃO

Facebook
Untitled Document


Você pode ouvir os arquivos de áudio num pop-up clicando em "ouvir" ou salva-los no seu computador clicando com o botão direito em mp3 e escolhendo a opção "salvar como...".
 
Silvia Regina Rogatto
Medicina molecular contra o câncer

Ciências Biológicas; Genética; Genética Humana e Médica.

PUBLICADO EM 20.10.2011
 
O câncer de pênis é uma doença rara em países desenvolvidos, mas comum em pobres, como Índia, África e Brasil. Esse tumor tem sido associado à infecção pelo vírus do papiloma humano, o HPV. No Brasil, a maioria dos casos concentra-se na região norte e nordeste, sendo considerado um problema de saúde pública. O carcinoma de pênis é uma doença agressiva que pode invadir vários tecidos e, em geral, é realizada a amputação total ou parcial do órgão. Nós utilizamos análises em larga escala em amostras destes tumores que permitem a identificação de marcadores de tratamento nessa doença que tem importante impacto social e psicológico. Em nossa pesquisa verificamos que há diferenças entre os casos com e sem infecção pelo HPV, incluindo a relação com a sobrevida. Portanto, esses pacientes devem ser tratados de forma diferente. Nós também identificamos marcadores moleculares alvos de terapias e que podem, em um futuro próximo, permitir o desenvolvimento de medicamentos. As redes e interações observadas e que ocorrem entre os eventos associados à doença também apontam para marcadores que podem ser uteis para prever a invasão e a agressividade. Sou Silvia Regina Rogatto, professora titular do Departamento de Urologia da UNESP Botucatu.
Podcast produzido por Thales Schmidt
Possui graduação em licenciatura e bacharelado em ciências biológicas pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto/USP (1982), Mestrado (1986) e Doutorado (1990) em génetica pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP (1986) e Pós-Doutorado pela University of Toronto-Canada. Atualmente é pesquisadora da Fundação Antônio Prudente e professora titular da Faculdade de Medicina, Botucatu, UNESP.